sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Má divisão de receitas atrasa o País

No último dia 18 de outubro o Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, compareceu à sessão da CMO-Comissão Mista de Planos, Orçamento e Fiscalização do Congresso Nacional.
Lá expôs as propostas dos projetos de lei para o Plano Plurianual-PPA (2008-2011) e da Lei Orçamentária-LOA, para 2008.
Estamos concluindo um comparativo das ações, receitas e despesas previstas em ambos os projetos para apresentar neste blog mas, desde já, exibimos parte da entrevista que concedemos à TV Câmara, enfatizando o peso dos juros e da dívida pública nas contas do país.
Da próxima terça veicularemos aqui a intervenção que fizemos na audiência com o Ministro Paulo Bernardo, no dia 18.
Da mais alta carga tributária da história repúblicana saem os bilhões que alimentam a acumulação do capital da elite que aplica seus excedentes na dívida pública, adquirindo títulos do tesouro nacional, passando à frente da saúde e da educação na destinação dos impostos que a maioria da sociedade paga.

Boa indignação !

Paulo Rubem
video

Nenhum comentário: