segunda-feira, 6 de outubro de 2008

PASSADAS AS ELEIÇÕES, RETOMAMOS O MANDATO QUE PERNAMBUCO NOS CONFIOU





A Rosa, imagem que representa o PDT





Por Paulo Rubem Santiago

Companheiros e Companheiras

Encerraram-se neste domingo as disputas eleitorais em Jaboatão dos Guararapes, a 2a. mais importante cidade de Pernambuco, com 700.000 habitantes e quase R$ 500 milhões de arrecadação, transferências e convênios assinados por ano.

Disputamos a eleição pelo PDT e chegamos a 6% dos votos válidos, com 16.000 eleitores nos escolhendo para governar a cidade. Acreditávamos que poderíamos obter mais votos, mesmo sabendo das dificuldades de se fazer campanha com apenas um partido, numa cidade onde não há televisão para a propaganda eleitoral e com área de 260km2, superior ao Recife em 50km2.

Nossa campanha pautou-se pelas propostas e não pela simples propaganda mas as demais candidaturas, com mais dinheiro e estrutura, se impuseram.
A cidade assistiu a uma disputa entre o candidato do novo PT, rico, e de mais 14 partidos que o apoiavam e o do PSDB, com PMDB e DEM, que disputaram cada esquina, cada avenida, cada canto da cidade onde as pessoas mais pobres buscavam de qualquer forma uma maneira de conquistar alguma renda nas eleições, trabalhando como fiscais ou distribuindo panfletos nas esquinas. Pesou contra nós a falta de estrutura, de debates e a máquina dos demais concorrentes.

O resultado, a vitória do PSDB já no 1o. turno, não era esperado. A máquina do novo PT, rico e com propaganda em excesso, não serviu para que as eleições fossem ao 2o. turno. Pesou, ao nosso ver, a reação da população ao perfil do seu candidato,de classe média alta, sem vínculo algum com movimentos sociais e sindicais, sem qualquer história no partido, gerando-se, por isso, certamente,forte antipatia à sua candidatura. Assim, embora fossemos tidos por muitos, nos cinco distritos, como o mais preparado, sentia-se que não tínhamos estrutura e assim a população optou por eleger o PSDB.

Estamos com a consciência tranquila da disputa que travamos,de nossas dificuldades e de nosso compromisso com a cidade. Vamos retomar nossas atividades parlamentares e já temos em foco a participação na próxima Conferência Nacional das Cidades, que ocorrerá em novembro próximo, em Brasília.

Nosso Programa de Governo foi registrado em Cartório de Títulos e Documentos e servirá como base para ajudarmos e cobrarmos do futuro Prefeito as realizações que Jaboatão reclama. Agradecemos a todos pelo apoio e seguiremos na luta pelos direitos da população.
Forte Abraço.

5 comentários:

Cleydyr 'Zambo' Bezerra de Albuquerque disse...

Ô, Paulo Rubem, que pena. Eu fiz até campanha no Orkut, arriscando perder meu perfil. Mas valeu. Jaboatão, eu acho que não te merece. Até Newton Carneiro teve mais votos! É preciso uma revolução em Jaboatão: uma revolução de idéias. Demais, eu gostei muito do seu site da campanha. Tem como você (desculpe a falta do V. Exa.) transferir alguns posts e vídeos de lá pra o seu blog? Eu já assinei seu feed. Espero respostas. Sou um admirador seu e de Cristóvam, pra quem votei para presidente em 2006. Abraço e a luta continua.

Master disse...

Parabens Deputado. Parabens.
Jaboatão já me parece estar um pouquinho melhor.Forte abraço.

Anônimo disse...

Cleydyr,

Estamos analisando como ficará aquele site a partir de agora. Assim que tivermos novidades informo por aqui.

Eduardo Amorim
Assessor de Imprensa

BRAULIO B. WANDERLEY disse...

Amigo Paulo,

Caso você tivesse 1/3 do apoio logístico e político recebido pelo PT, em 2000 ou em 2004, não tenha dúvidas que seríamos uma nova referência no Modo Petista de Governar.

Solidarizo os meus sinceros cumprimentos com a mesma coerência com a qual destinamos nossas vidas às lutas populares.

Abraços.

Bráulio B. Wanderley
Professor Universitário
www.historiavermelha.blogspot.com

BRAULIO B. WANDERLEY disse...

Amigo Paulo,

Caso você tivesse 1/3 do apoio logístico e político recebido pelo PT, em 2000 ou em 2004, não tenha dúvidas que seríamos uma nova referência no Modo Petista de Governar.

Solidarizo os meus sinceros cumprimentos com a mesma coerência com a qual destinamos nossas vidas às lutas populares.

Abraços.

Bráulio B. Wanderley
Professor Universitário
www.historiavermelha.blogspot.com